O que são Dividendos? Como ter Renda com eles?

A melhor maneira de se proteger da Inflação, é reinvestir em dividendos recebidos e aumentar o efeito dos Juros compostos.

Nos primórdios, apenas empresas com ações dirigiam-se às bolsas, contavam sua história, sua missão e seus planos para conseguir vender uma cota do seu negócio a fim de angariar recursos, reinvestir, crescer e expandir. Cada empresa com sua história, um setor, produto, serviço e público diferente. Eis o capitalismo.

As ações são por onde investimos e de onde devemos começar a jornada de investimentos, já ós Índices são o meio de especulação rápida. Toda empresa que vende um produto ou serviço tem um valor, a capacidade de gerar lucro, crescer e ganhar mercado.

Os índices são compostos por ações de companhias listadas na Bolsa que atendem aos critérios descritos na sua metodologia, correspondendo a um determinado número de negócios e do volume financeiro do respectivo mercado de capitais.

dividendos

Dividendo é a distribuição obrigatória de parte do lucro de uma empresa aos seus acionistas. Contudo, nem todas as empresas são obrigadas a distribuir dividendos, apenas as empresas listadas na bolsa de valores através das ações.

Há a determinação estabelecida em 1976, onde estipula um valor mínimo para a distribuição do lucro em 25%.

Agora, por exemplo, se a empresa desejar distribuir todo o seu lucro líquido, então se diz que a empresa paga 100% dos dividendos, não sendo comum. A maioria das empresas opta por distribui apenas 1/4 do lucro líquido assim estipulado por lei.

por que não distribuir 100% do lucro?

Apesar de os dividendos serem um dos motivos principais do interesse de investidores, qualquer empresa precisa do lucro para reinvestí-lo em si mesma e expandir. Transformar o lucro de hoje em mais lucro amanhã. Esses novos invementismentos ou “reinvestimento” podem ser em máquinas mais modernas, ampliação da estrutura, aquisição de concorrentes, tudo que possa fazer com que a companhia cresça e gere ainda mais resultados.

quais empresas pagam bons dividendos?

Para isso serão necessários analisar alguns indicadores:

dividend yield

O mais importante dos indicadores para aqueles que se preocupam com dividendos, ainda assim, não é o único indicador a ser analisado na hora de comprar as ações pensando em dividendos.

O Dividend Yield indica os dividendos pagos por ação, o valuation de uma empresa, estimando em quanto tempo podemos reaver o dinheiro investido.

É um indicador muito importante para as bolsas. É o quanto esperamos receber nos próximos 12 meses da empresa que investimos. Cada empresa tem sua rentabilidade que é o valor anual pago por ação.

Contudo, é necessário avaliar outros indicadores em conjunto com o Dividend Yield e entender o que classifica uma empresa como uma boa pagadora de dividendos.

dividend payout

O Dividend Payout é definido pela própria empresa e destaca qual é a porcentagem do lucro que será distribuída para seus acionistas através dos dividendos.

Empresas com alto nível de payout carecem de recursos para investir para si mesmas, e consequentemente tendem a crescer menos ao longo dos anos. Por outro lado, empresas com baixo payout podem ser consideradas como empresas de prospect, já que o o lucro dela está sendo reinvestido na própria empresa.

outros indicadores fundamentalistas para análise

  • preço por lucro (PL)
  • preço pelo valor patrimonial por ação (PVPA)
  • EV/EBIT
  • ROI
  • ROIC

Os indicadores que vamos abordar futuramente mostram se as empresas tendem a melhorar seu desempenho, a lucrar mais e consequentemente a pagar mais em dividendos, valorizando a tomada de decisão por parte do investidor, atraindo mais investidores para a empresa e gerando um ciclo de valorização e saúde financeira. Encontrar empresas saudáveis tem que ser o foco na escolha de uma empresa, é o sinal de estabilidade e solidez para garantir a redistribuição de dinheiro através de dividendos. Uma empresa que não paga dividendo não nos comprova gerar lucro.

entender o valor da Empresa

Para entender o valor de uma empresa, podemos olhar sob a ótica de que os dividendos sejam como os juros que um ativo de Renda Fixa paga, como se o investidor captasse um cupom. Um dividendo importante de se analisar é o dividendo da própria bolsa brasileira, do Ibovespa. O dividendo do Ibovespa é uma média de todos os dividendos da carteira do Índice Bovespa.

O valor de uma empresa está ligado à sua geração de caixa futuro. A empresa vale uma função do que ela será capaz de me pagar nos próximos 12 meses.

Os especuladores estão todos atentos a esse dividendo ponderado para mapear os movimentos dos investidores e entender para que lado o mercado vai. Historicamente, a rentabilidade média do Ibovespa, o dinheiro que cai na conta sempre foi menor que os Juros Brasileiros, a Selic sempre foi mais rentável que o pagamento dos dividendos, historicamente a Selic já teve valores exorbitantes de rentabilidade.

Em 2020, no Brasil, foi a primeira vez na história dos juros que a bolsa ficou com os dividendos médios esperados (divisão de lucro das empresas) acima da Selic. O grande propulsor da migração dos investidores pessoa física.

Quando o dividendo médio do Ibovespa, ou seja, a rentabilidade anual paga pelas empresas viu a Taxa Selic despencar de 14% para 2%, que é o nível mais baixo da história, pudemos presenciar uma migração para o mercado de Renda Variável nunca visto antes, a pessoa física teve de recorrer à bolsa, buscar alternativas à Renda Fixa indexada à Taxa Selic para buscar rendimentos maiores e consequentemente mais arriscados.

juros do Banco Central

Já quando o Banco Central sobe a taxa de juros, gera uma pressão na bolsa, a bolsa tende a cair. A pessoas repensam na compensação do investimento e podem decidir por migrar em um investimento mais seguro mesmo que já passe a pagar um pouco mais. O Juros do Banco Central, mesmo com o efeito defasagem, amplia ou diminui a demanda por ações, principalmente agora onde os juros de agora são muito comparáveis e competitivos aos dividendos das ações.

estratégia básica de investimento

Investir em grandes empresas sólidas de bom comando e administração que viverão a longo prazo, com preços atrativos, ações subvalorizadas e baratas. Os investidores que recebem dividendos agregam valor a empresa, visto que parte da estratégia de investimento é se defender da Inflação. A maneira de se defender da Inflação de Preços é reinvestir os dividendos recebidos e aumentar o efeito dos Juros compostos.

empresas elevam pagamento de dividendos

Se os dividendos não crescem ao longo dos anos, os investidores simplesmente migram para outras empresas, até mesmo concorrentes da atual pagante de dividendos. Logo, isso pressiona o comando das empresas a melhorar o pagamento de dividendos, gerar caixa para pagar a orda de investidores através da melhora de serviços, investir eficientemente seus recursos, lucrar mais e consequentemente ter caixa para retornar e captar mais investidores.

O tempo joga do lado dos investidores, procure, garimpe, estude, dedique-se, saiba que ninguém sabe tudo e aproveite as oportunidades.

No próximo artigo abordaremos os Indicadores para Análises Macroeconômicas

Composing a repository of books (i bought), authors (i follow) & blogs (direct ones) for my own understanding.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store