DXY — Índice do Dólar Americano

impacto no mundo inteiro

Nesse artigo, veremos um esboço de como o DXY influencia diretamente a interpretação do mercado internacional a respeito do Dólar.

composição DXY

O dólar norte americano é a moeda mais utilizada no mundo para transações internacionais. Sua relevância vem da importância da economia e da política norte americana. O país mais rico de todos mostra sua capacidade de produzir riqueza com seu PIB de 19 trilhões de dólares anuais (o maior do mundo, contra aproximadamente 7 trilhões de reais da brasileira, a fins de comparação).

Isso torna os EUA o maior foco dos investidores, tanto pelos mercados emergentes quanto pelos mercados desenvolvidos.

Como a moeda mais importante do mundo é o dólar norte-americano, foi criado um índice para medir sua força relativa à outras moedas. Esse índice é chamado de DXY, ou Dollar Index, que é calculado e mantido pela International Exchange — ICE, uma espécie de Bolsa Intercontinental, dona de várias bolsas nos Estados Unidos, Canadá e Europa. É no Índice DXY onde investidores e especuladores operam quando são anunciados o Payroll, PMI, números da inflação.

É um indicador muito importante por sinalizar que algo relevante está se passando no cenário macroeconômico, afinal, os Estados Unidos são os principais parceiros comerciais do Brasil, praticamente os maiores parceiros comerciais do mundo inteiro.

O Dollar Index compara a moeda norte americana com o euro (zona do euro), o iene (Japão), a libra esterlina (Reino Unido), o dólar canadense (Canadá), a coroa suéca (Suécia), e o franco suíço (Suiça). Para a montagem da cesta de moedas é necessária uma ponderação para as mesmas. Assim, o índice, também chamado de USDX, tem os seguintes pesos, por ordem de importância:

  • Euro: 57,6%
  • Iene: 13,6%
  • Libra esterlina: 11,9%
  • Dólar canadense: 9,1%
  • Coroa suéca: 4,2%
  • Franco suíço: 3,6%

Não coincidentemente, vemos que as moedas consideradas fortes são de países já desenvolvidos. Estes já apresentaram crescimento econômico forte ao longo do tempo e que passam credibilidade aos investidores. Um bom exemplo para tal é apresentado pela Suíça, que nunca deu um calote ou reestruturou a mesma. Em outras palavras, quem comprou um título público sempre recebeu o valor pela regra combinada no momento da compra.

O DXY acaba por ser não mais um índice que mede a força do dólar com relação aos maiores parceiros comerciais, mas à diversos países desenvolvidos.

O dólar tem grande relevância para a economia mundial. O dólar está presente em pelo menos 85% do volume transacionado no mercado de Forex — operações de câmbio no mundo, a moeda é a mais utilizada para transações internacionais e tem protagonismo único no mercado monetário.

O dollar index permite acompanhar seu valor relativo a outras moedas fortes e pode ser usado como indicador, inclusive, para tentar medir a valorização de moedas de países emergentes.

Se o DXY estiver subindo, ele mostra que os americanos e os maiores investidores do mundo, fora e dentro dos Estanos Unidos, estão com aversão a risco — buscando segurança comprando Dólar. Quando o DXY sobe, muito provavelmente o Índice VIX também deve estar subindo. Afinal, quando o VIX sobe, todo americano corre de volta para a segurança da sua casa com Dólar, Treasuries e até Ouro.

Composing a repository of books (i bought), authors (i follow) & blogs (direct ones) for my own understanding.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store