O que é uma Ação e por que as empresas emitem Ações?

investir é abdicar do hoje para aproveitar o amanhã

ação columbia pictures

Qual o primeiro passo a se dar em qualquer âmbito da vida? Evidentemente é conhecer as regras do jogo. É impossível entrar no mérito da estratégia em se negociar na bolsa sem alinhar os conceitos básicos do funcionamento do mercado, principalmente sobre o que é uma ação.

Uma ação é a menor parcela de uma empresa. É, portanto, um título patrimonial que concede aos seus titulares, os acionistas, todos os direitos e deveres de um sócio, no limite dessas pequenas parcelas possuídas, chamadas de ação.

Uma ação não é um ticker verde|vermelho. Não é um código de empresa. Não é um botão piscante no homebroker.

  • Ações ON (ordinárias de final 3) — exemplo: MGLU3
    Os detentores de ações ordinárias têm direito a voto nas assembleias da empresa.
  • Ações PN (preferenciais de final 4) — exemplo: ITSA4
    Os detentores dessas ações têm a preferência no recebimento dos dividendos.
  • Units (final 11) — exemplo: BIDI11
    Cada unidade dessa unit, por exemplo, é uma ceste de 1 ação ON e 2 PN.

É necessário compreender esse conceito para ser capaz de enxergar o todo. As empresas recorrem à bolsa de valores, “quebram” seu capital em ações e passam a vender esses fragmentos, justamente para captar recursos. Sempre que uma empresa vai captar recursos, ela pode optar por captar recursos de duas formas:

  • através de capital próprio, vendendo uma parte da sua própria empresa
  • através de capital de terceiros, contraindo dívidas

No caso da emissão de ações, essa captação é feita sem recorrer a empréstimos. A empresa está vendendo uma participação do seu capital para vários investidores ao invés de solicitar empréstimos caros aos bancos.

O intuito dessa captação de recursos é visando a execução de novos projetos, o desenvolvimento de novos produtos, fazer novos investimentos em suas áreas de pesquisa e desenvolvimento, aumento da planta das empresas, adquirir concorrentes ou mesmo para um sócio ser liquidado do negócio.

É a primeira vez que ações são emitidas diretamente da fonte. É um processo chamado de Oferta Pública Inicial — IPO. É o primeiro passo da empresa ir à bolsa, estréia na bolsa vendendo as ações diretamente para os primeiros compradores. Estes, devem fazer uma espécie de agendamento junto ao corretor para estipular a intenção de compra de uma oferta inicial.

Uma vez já feito o IPO, existe o mercado secundário do cotidiano. A negociação das ações depois de emitidas pela empresa, já são de posse desses compradores. As negociações a partir daí, feitas no Homebroker, entre pessoas físicas compradoras e vendedores, se configura no mercado secundário

Um dos principais pontos é ter mais um meio em diversificar o patrimônio em ativos distintos e em diferentes empresas. Ações, como muitos sabem, é um meio de aumentar a rentabilidade da carteira de longo prazo e consequentemente construir um patrimônio para independência financeira.

  • Ações são parcelas das empresas;
  • Emitir ações é uma forma da empresa se financiar;
  • Mercado Primário e Flippar não é uma boa (dependendo da estratégia);
  • Ação não é sinônimo de atalho para riqueza rápida e fácil.

Obrigado.

Composing a repository of books (i bought), authors (i follow) & blogs (direct ones) for my own understanding.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store